Tempo de renovação, tempo de fazer renascer, tempo de ver a natureza transbordar beleza com cores e luzes. Tempo de sentir no ar brisas mornas soprando e a chuva bem vinda trazendo a pujança da vida. Tempo de Primavera.

Certamente é a mais bela estação do ano, especialmente por trazer a possibilidade da recriação. Seguindo os ciclos da Terra e deixando para trás o frio, a secura do ar, as folhas amarelecidas, as árvores nuas, a Primavera vem despertar a vida. O ar vai ficando mais úmido, as chuvas vão chegando, o sol brilhando mais intensamente e aquecendo os ventos. E a natureza responde. Explodem os tons de verdes, germinam brotos, desabrocham as flores nos seus mais lindos coloridos, formatos e tamanhos. É uma grande festa, uma alegre dança de borboletas e pássaros. 

Toda essa beleza, energia positiva, cores e luzes, inspiraram muitos artistas a produzir lindas obras de arte. Da pintura à literatura, da música à dança, sempre foi um tema a ser explorado. São muitas produções e escolhi apenas poucas delas. Busque você também as que são mais de seu agrado. Vou, aqui, pincelar algumas.

Em 1482, Sandro Botticelli, o grande artista renascentista, fez o quadro Primavera ou Alegoria da primavera. Num bosque de laranjeiras surge Vênus, a deusa do amor e seu filho Eros que, de olhos vendados, atira suas flechas de amor. Ao redor, a presença de flores mostrando a beleza da nova estação após o término do tempo fechado e infértil do inverno. Os diversos símbolos, tanto das figuras mitológicas como do vestido de flores e na delicadeza do instante, retratam bem a importância deste novo ciclo de vida.

  Alegoria da Primavera – Sandro Botticell

Já Claude Monet, o impressionista francês, que pintava seus quadros ao ar livre, foi um apaixonado por jardins. Era tanto o encanto por plantas e flores que comprou uma propriedade onde cultivou um jardim que foi sua inspiração em muitas de suas pinturas, usando o jogo de luzes e cores para transformar seus quadros em obras de arte.

  O jardim de Giverny – Claude monet

Van Gogh, também impressionista, pintou muitos e vibrantes girassóis que se tornaram quase marcos de sua obra. Estas flores eram, para ele, símbolo de felicidade. Embora gostasse muito do amarelo, Van Gogh também usou fortes contrastes de cores complementares em seus quadros de flores. 

As flores de Van Gogh

 Na música, Antonio Vivaldi compôs o concerto Primavera, integrante de As Quatro Estações, onde buscou em sons, caracterizar esse momento, desde a sua chegada, com o doce murmúrio dos riachos, a brisa soprando com suavidade, o instante do início e do fim das tempestades e os pássaros voltando a cantar. É um som festivo, instrumentos que tocam a música delicada e vibrante ao mesmo tempo, instigando o cantarolar e o dançar. 

É primavera

Te amo

É primavera

Te amo

Quem não conhece estes versos? Música de grande sucesso de Tim Maia, canta o amor e o romantismo, inspirado na estação das flores. São muitas as músicas criadas para enaltecer a beleza das flores, o encanto que elas representam e a importância que têm na demonstração do amor e da gratidão.

https://www.youtube.com/watch?v=8D7yIqJIMwA

A ideia de nova vida, de desabrochar e fazer crescer novos pensamentos, de incentivar a caminhada no sentido do crescimento, de encerrar períodos tristes, escuros, sair de um inverno opressor e buscar mudanças, ir ao encontro de luz e cores, foi traduzida numa música que se tornou um hino contra a ditadura no Brasil. Quem não se lembra de Caminhando ou Pra não dizer que não falei das flores, de Geraldo Vandré?

Ainda fazem da flor 

Seu mais forte refrão

E acreditam nas flores

Vencendo o canhão

 

Primavera, dias claros  e coloridos. Dias de acreditar e renovar. Dias de chuva e de sol. Dias de plantar e crescer. Dias para esperançar e não esperar. Dias da vida que se refaz, produzindo mais vida e mais beleza, na terra e nas artes. 

Ofereço uma flor pra você!

Comentários

4 2 votos
Article Rating
Se inscrever
Notificar para
guest
3 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários
Cristina Bonafé
Cristina Bonafé
24 dias atrás

Ver flores e sua bela perfeição é um “golpe de vida” que nos impacta e anima a cultivar a leveza e também a enfrentar desafios e a superar adversidades.
Excelente texto, que carrega no conteúdo e na forma toda a beleza, a força e a leveza das flores!!

Odilia D'Angelo
Odilia D'Angelo
23 dias atrás
Responder a  Cristina Bonafé

Obrigada, Cris

Odilia D'Angelo
Odilia D'Angelo
24 dias atrás

A mais bela das estações!
Vamos florir e florescer nossas vidas!

3
0
Adoraria seus pensamentos, por favor, comente.x
()
x

Assine nossa Newsletter!

[newsletter]