“A opinião do autor não reflete, necessariamente, a opinião dos editores desse blog que, entretanto, respeita a liberdade de expressão e diversidade de opiniões”.

Eu nunca pensei em minha vida que viveria dias como esses, que estamos vivenciando atualmente, acredito até que ninguém pensou. Nunca sequer imaginei passar por uma pandemia, onde tivéssemos que nos afastar das pessoas, dos amigos, dos familiares. Dias e até meses em que as pessoas não poderiam ir para o trabalho ou para a escola, não poderiam abraçar ou beijar, parecia até o enredo de um filme. Andar de máscara, lavando as mãos e usando álcool em gel a todo momento, o ser humano sendo perigoso para o ser humano.

A nossa geração teve o privilégio de acompanhar as grandes descobertas, muito da evolução tecnológica, junto com a evolução da medicina, mas não imaginava que poderia surgir um vírus tão poderoso e tão letal, embora sempre exista a possibilidade. Ingenuidade minha acreditar que nunca poderia acontecer, somos tão frágeis!

Mas o que mais assusta não é isso, o que mais assusta é a ignorância. Nos comunicamos tão facilmente com qualquer pessoa, de qualquer lugar do mundo, viagens ao espaço já estão acontecendo para cidadãos comuns, o carro voador é uma realidade, tantas doenças são curadas, as pessoas estão vivendo muito mais, e ainda tem gente que duvida de uma vacina, que duvida da ciência. E mais, são tantas pessoas que acreditam e defendem a tese de que a terra é plana, pessoas instruídas, que tem acesso à informação, isso é decepcionante.

Assusta ver que certas pessoas não aceitem recomendações de especialistas e transformam uma questão de vida em um problema político, pior, assusta a negação de um problema tão grave, e apavora ver que pessoas defendem essa situação.

Assusta a falta de atitude de um governo, que não entende nada de nada, que nega a ciência e as verdades, que não aceita nada que não seja do seu particular agrado. Assusta pessoas que consideramos lúcidas apoiarem essa posição, defenderem uma política violenta, de apoio às armas, enquanto o mundo inteiro, ou quase todo, clama pela paz.

Assusta o responsável por uma nação, na contramão do mundo, apoiar milícias, o preconceito, apoiar a destruição da natureza, viver de mentiras e muito mais, e deixar o ser humano em último plano.

As pessoas se revelaram ou sempre foram assim e não sabíamos?

Triste pensar que um ser insignificante possa, com um discurso mentiroso, tirar o bom senso das pessoas, ou será que elas nunca tiveram? E aí surgem várias outras perguntas: quem apoia um ignorante é o que? Quem defende um genocida, um machista, um fascista, é o que?

Essas questões povoam minha mente e eu me questiono ainda mais: quem apoia tudo isso é igual?  Tenho medo….

Por um país mais humano já!!!

Comentários

0 0 votos
Article Rating
Se inscrever
Notificar para
guest
2 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários
Odilia D'Angelo
Odilia D'Angelo
9 dias atrás

Tempos muito difíceis!

Humberto
Humberto
9 dias atrás

Assino embaixo. Ou melhor, ao lado.

2
0
Adoraria seus pensamentos, por favor, comente.x
()
x

Assine nossa Newsletter!

[newsletter]