Nesses tempos de pandemia, as pessoas se revelaram. 

Acredito que o isolamento, as perdas, as amarguras de todos os dias, mudaram posturas de muitas pessoas, diante da vida.

Pudemos perceber, principalmente, quem se deixou envolver pela empatia, pela compaixão e pelo respeito para com o próximo.

Porém, existem pessoas que, desde sempre, tem o olhar diferente sobre todas as coisas, não apenas para os humanos, mas também para com os animais.

É muito comum vermos nas redes sociais, pessoas denunciando maus tratos, abrigando, mesmo que temporariamente, animais perdidos, alimentando os que estão na rua, mas tem gente que passa a dedicar sua vida inteira para cuidar dos bichinhos.

É o caso de Sandra Maria Guilarducci, fundadora da Associação Maxmello de Amparo à Vida Animal, que existe desde 2004, oficialmente, desde 2012.  Segundo Sandra, a ideia surgiu a partir do momento em que ela não dava conta de manter todos os animais que eram deixados no portão do seu sítio.

Eram, em sua maioria cães, abandonados por seus donos, animais adultos feridos, vítimas de maus tratos, torturas, ninhadas inteiras de filhotes recém-nascidos, muitas vezes com a mãe junto.

Com o tempo, o número de animais abandonados se tornou tão grande, que ela se viu obrigada a se mudar para outro sítio, com mais espaço, onde permanece até hoje.

De 2004 até os dias atuais, já passaram pela sua ONG, uma média de três mil animais, sendo que muitos foram adotados por famílias responsáveis, muitos outros já morreram e atualmente ela abriga 407 animais entre cães e gatos que, sem exceção, foram vítimas da crueldade humana. 

Neste momento, percebemos que nem todos conhecem as palavras empatia, compaixão, evolução.

A associação mantém todos os seus “hóspedes” sem verbas oficiais, à custa de doações mensais. Todos os animais são castrados, estão com vacinação em dia, e esperam pela adoção, embora este seja um processo bastante difícil, porque as pessoas, normalmente preferem filhotes.

A ONG funciona 24 horas por dia, com os cuidados da Sandra, do marido e três funcionárias, que fazem de tudo para dar uma qualidade de vida a todos os seus animais. A Ong consome 5,5 toneladas de ração por mês, e é reconhecida pelo excelente trabalho de recuperação da saúde de animais,

 

É um trabalho incansável e infinito também, mas que proporciona uma grande satisfação, quando se vê os animais felizes, com saúde, alimentados, protegidos e amados. 

É uma ONG reconhecidamente séria, transparente, que está sempre em busca de pessoas simpáticas à causa, até porque precisa muito.

Quem quiser colaborar com doações pode fazer depósito para ssociação Maxmello de Amparo à Vida Animal

CNPJ 16.729.925/0001-08

Caixa Econômica Federal – Agência 0800 – Conta corrente 692-4

Código operacional 003 ( caso necessite)

E pode seguir nas redes sociais:

Instagram: @associacaomaxmello 

Facebook: Facebook.com/AssociacaoMaxmello

Site – www.maxmello.org

Comentários

0 0 votos
Article Rating
Se inscrever
Notificar para
guest
1 Comentário
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários
Monique Bispo
6 meses atrás

Os animais tem mais coração do que muitos humanos por aí. Ainda bem que existem almas boas como essa para cuidar deles.

1
0
Adoraria seus pensamentos, por favor, comente.x
()
x

Assine nossa Newsletter!

[newsletter]